Análise de conteúdo utilizando o webQDA: Opção metodológica para caracterizar uma criança com paralisia cerebral

Autores

  • Davys Moreno Universidade de Aveiro, Portugal
  • António Moreira Universidade de Aveiro, Portugal
  • Oksana Tymoshchuk Universidade de Aveiro, Portugal
  • Carlos Marques Escola Artística do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian, Aveiro, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.36367/ntqr.2.2020.687-702

Palavras-chave:

Análise de Conteúdo; webQDA; Paralisia Cerebral; Inclusão; Ensino Artístico Especializado da Música.

Resumo

Com a finalidade de contribuir para a Educação Inclusiva das crianças com Necessidades Especiais no Ensino Artístico Especializado da Música em Portugal, iniciou-se no ano de 2018 um projeto de Investigação-Ação. O nosso objetivo é mostrar os resultados do diagnóstico realizado sobre a caracterização da criança com Paralisia Cerebral que originou o estudo. Para isso, foram realizadas nove entrevistas, considerando a encarregada de educação e os diferentes profissionais de educação e de saúde que trabalham com ela. Toda a informação compilada foi organizada e estudada mediante análise de conteúdo suportada por software na plataforma webQDA, recorrendo às ferramentas Fontes, Codificação e Questionamento, o que se revelou ser eficaz para a sua caracterização. Os resultados obtidos permitem observar que os entrevistados consideram relevante as características pessoais da criança numa perspetiva temporal. Ou seja, referem aspetos que remetem para o seu passado, presente e suas perspetivas futuras. Em todos estes aspetos evidencia-se a importância dada à utilização de Produtos de Apoio, às adaptações curriculares e à rede de apoio (pessoas) para que a criança em estudo tenha sucesso, nomeadamente na Aprendizagem da Música. Evidencia-se a necessidade de potenciar os diferentes fatores existentes nos contextos (meio envolvente), promovendo as acessibilidades.

Downloads

Publicado

2020-07-07

Como Citar

Moreno, D. ., Moreira, A. ., Tymoshchuk, O. ., & Marques, C. . (2020). Análise de conteúdo utilizando o webQDA: Opção metodológica para caracterizar uma criança com paralisia cerebral. New Trends in Qualitative Research, 2, 687–702. https://doi.org/10.36367/ntqr.2.2020.687-702