Brincando no hospital: A experiência dos enfermeiros com o uso do brinquedo terapêutico em unidades pediátricas

Autores

  • Fabiane de Amorim Almeida Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein, Brasil
  • Lidia Souza dos Reis Silva Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein, Brasil
  • Carolline Machado de Miranda Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.36367/ntqr.3.2020.279-292

Palavras-chave:

Jogos e Brinquedos; Criança Hospitalizada; Admissão do Paciente; Enfermagem Pediátrica; Humanização da Assistência.

Resumo

Introdução: O estudo investiga sobre a experiência do enfermeiro com o uso do BT na prática, buscando delinear os fatores que influenciam no desenvolvimento desta atividade, como etapa inicial da implementação rotineira do BT em unidades de pediatria. Objetivo: Compreender a percepção do enfermeiro sobre o uso do BT, a partir das experiências vivenciadas por ele ao cuidar da criança no hospital. Método: Estudo descritivo, de abordagem qualitativa, desenvolvida nas unidades pediátrica e de terapia intensiva pediátrica de um hospital de São Paulo, Brasil. A amostra constituiu-se 21 enfermeiros que participaram de uma entrevista semi-estruturada e seus relatos foram analisados por meio da Análise Temática de Conteúdo. Resultados: Quatro categorias emergiram dos discursos: Resgatando o primeiro contato com o BT; Apesar de complexo e trabalhoso no início, o uso do BT é percebido como uma experiência positiva; Enfrentando dificuldades para realizar o BT na prática; Entendendo que o BT deve ser usado desde a admissão da criança no hospital. Considerações finais: O contato com o BT durante a trajetória profissional leva o enfermeiro a reconhecer essa experiência como positiva, apesar das dificuldades enfrentadas, entendendo que para cuidar da criança precisa brincar com ela desde que chega ao hospital.  

Downloads

Publicado

2020-07-08

Como Citar

Almeida, F. de A., Silva, L. S. dos R. ., & Machado de Miranda, C. . (2020). Brincando no hospital: A experiência dos enfermeiros com o uso do brinquedo terapêutico em unidades pediátricas. New Trends in Qualitative Research, 3, 279–292. https://doi.org/10.36367/ntqr.3.2020.279-292