Impressões sobre segurança: Perspectiva dos soteropolitanos em relação à segurança dos seus bairros

Autores

  • Tânia Benevides Departamento de Ciências Humanas da Universidade do Estado da Bahia, Brasil
  • Aline Pauliana Lima Departamento de Ciências Humanas da Universidade do Estado da Bahia, Brasil
  • Lavinia Santos Departamento de Ciências Humanas da Universidade do Estado da Bahia, Brasil
  • Angélica Olímpia Santos Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia, Brasil
  • José Flávio Passos Departamento de Ciências Humanas da Universidade do Estado da Bahia, Brasil
  • Victor Said Departamento de Ciências Humanas da Universidade do Estado da Bahia, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.36367/ntqr.9.2021.88-95

Palavras-chave:

Cidade, Direito à cidade, Segurança Urbana, Segurança Pública, QUALISalvador

Resumo

Este artigo busca analisar a percepção dos moradores da cidade de Salvador, capital do Estado da Bahia, no Brasil, em relação aos elementos que podem promover maior segurança aos 163 bairros da capital baiana. O estudo parte da seguinte questão de investigação: qual a percepção dos soteropolitanos em relação aos fatores que podem trazer mais segurança para o seu bairro? O objetivo geral é analisar as impressões dos moradores de Salvador quanto aos elementos que podem levar ao aumento da segurança nos seus respectivos bairros. Para alcançar este objetivo, o percurso metodológico baseia-se numa pesquisa qualitativa, iniciada a partir de uma fase exploratória, elaborada a partir da pesquisa bibliográfica e documental, seguida da pesquisa de campo, através da aplicação do instrumento de coleta de dados, que resultou na aplicação de 15.260 questionários em todos os bairros da capital, entre os anos de 2018 e 2020. Este estudo é um recorte de uma pesquisa mais ampla, realizada por um grupo de pesquisadores que integram um projeto maior denominado QUALISalvador, que se dedica a produzir e difundir conhecimento sobre a realidade de Salvador. O recorte deste artigo é a questão 56 “O que poderia trazer segurança para seu bairro?” do referido questionário. Os dados utilizados nesta análise derivam dos estudos realizados pelo subgrupo que avalia a influência da segurança pública e a percepção de segurança/insegurança dos moradores. Como principal resultado ficou evidente que, na percepção dos soteropolitanos, o que poderia trazer mais segurança aos seus bairros, é o aumento das ações do Estado, através do policiamento ostensivo e de rondas nos bairros. A partir deste resultado, pode-se refletir sobre o impacto da atuação repreensiva do Estado, levando à reflexão sobre os aspectos intersetoriais da segurança, que vão muito além da ação policial, assegurando, inclusive, o direito à cidade e a garantia dos direitos fundamentais.

Downloads

Publicado

2021-07-08

Como Citar

Tânia Benevides, Aline Pauliana Lima, Lavinia Santos, Angélica Olímpia Santos, José Flávio Passos, & Victor Said. (2021). Impressões sobre segurança: Perspectiva dos soteropolitanos em relação à segurança dos seus bairros. New Trends in Qualitative Research, 9, 88–95. https://doi.org/10.36367/ntqr.9.2021.88-95