Etnografia Virtual em Alcoólicos Anônimos em Tempos de Pandemia: Desafios Teóricos e Metodológicos

Autores

  • Edemilson Antunes de Campos Escola de Artes, Ciências e Humanidades. Universidade de São Paulo, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.36367/ntqr.9.2021.102-109

Palavras-chave:

Alcoólicos Anônimos, Covid-19, Etnografia Virtual, Pandemia

Resumo

O objetivo deste artigo é compreender como os membros de A.A. realizam o tratamento do alcoolismo em meio à pandemia, por meio de uma etnografia virtual em grupos de A.A. no Brasil. Realizou-se uma etnografia virtual em reuniões de recuperação online de grupos de A.A., localizados na Cidade de São Paulo-Brasil e entrevistas, via formulário Google Forms, com membros A.A de diversas cidades brasileiras. Com a pandemia, a etnografia migrou para o espaço virtual, o que tem provocado certos tensionamentos em relação à clássica noção de trabalho de campo em antropologia, ao emprego de técnicas de coleta de dados, tais como a observação participante e as modalidades de entrevistas. Busca-se, assim, contribuir para a compreensão da maneira como os membros de A.A. realizam o tratamento do alcoolismo em reuniões de recuperação online e, por essa via, dos desafios teóricos e metodológicos da etnografia virtual em tempos de pandemia.

Downloads

Publicado

2021-07-08

Como Citar

Edemilson Antunes de Campos. (2021). Etnografia Virtual em Alcoólicos Anônimos em Tempos de Pandemia: Desafios Teóricos e Metodológicos. New Trends in Qualitative Research, 9, 102–109. https://doi.org/10.36367/ntqr.9.2021.102-109