A covid-19 em regiões transfronteiriças: Consequências e impactos na institucionalidade dos sistemas locais de saúde e proteção social

Autores

  • Helenara Fagundes Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil
  • Vera Maria Ribeiro Nogueira Universidade Católica de Pelotas - RS, Brasil
  • Ineiva Terezinha Kreutz Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.36367/ntqr.9.2021.181-189

Palavras-chave:

Pandemia de Covid-19, Regiões Transfronteriças, Saúde, Proteção Social

Resumo

A proposta deste artigo é apresentar a proposta metodológica do projeto de Pesquisa “A covid-19 em regiões transfronteiriças: consequências e impactos na institucionalidade dos sistemas locais de saúde e proteção social”, que se alinha aos estudos sobre proteção social e saúde em fronteiras internacionais no Mercosul. No cenário atual de crise sanitária e econômica e suas consequências, tem como foco as alterações nos sistemas de saúde e proteção social causadas pela pandemia de covid-19 na região transfronteiriça e o impacto nas estruturas locais. Levando em conta os objetivos e as distinções entre os setores a serem estudados: saúde e proteção social (temporalidade, garantias jurídico-administrativas, reconhecimento público, aparato institucional), as estratégias metodológicas devem favorecer a identificação jurídico-formal do aparato de proteção social e a concretude das propostas de proteção quanto as demandas, serviços, acesso e acessibilidade. Para verificar essa recursividade entre políticas sociais e estrutura social vão ser avaliados os indicadores: jurídico-normativas, organizacionais e, técnico-operativas e fiscais.  Os dados serão obtidos por meio de pesquisa documental e entrevistas em profundidade com os gestores e informantes-chave. O campo empírico da pesquisa privilegiou os seguintes critérios: a tríplice fronteira e municípios de médio porte, municípios de pequeno porte, e com alta porosidade).  A análise das informações coletadas será fundamentada inicialmente nas referências teóricas referidas na problematização do projeto de pesquisa e complementadas posteriormente à medida em que se fizerem necessárias para ampliação do estudo. Espera-se, entre outras expectativas, que os resultados ampliem o entendimento da região fronteiriça nos seguintes aspectos: conhecimento do contexto fronteiriço entre o Brasil e os demais países do Mercosul a partir do impacto da pandemia atual; explicitação das diferenças de encaminhamentos entre os gestores dos municípios

Downloads

Publicado

2021-07-08

Como Citar

Helenara Fagundes, Vera Maria Ribeiro Nogueira, & Ineiva Terezinha Kreutz. (2021). A covid-19 em regiões transfronteiriças: Consequências e impactos na institucionalidade dos sistemas locais de saúde e proteção social. New Trends in Qualitative Research, 9, 181–189. https://doi.org/10.36367/ntqr.9.2021.181-189