Auriculoterapia como terapêutica integrativa na promoção da saúde mental de usuários da Atenção Primária à Saúde: Estudo de métodos mistos

Autores

  • José Henrique da Silva Cunha Programa de Enfermagem Psiquiátrica da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto/SP, Brasil
  • Franciele Kavafara Pires Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Brasil
  • Francisca Bruna Arruda Aragão Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto/SP, Brasil
  • Regina Célia Fiorati Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.36367/ntqr.8.2021.521-527

Palavras-chave:

Auriculoterapia, Saúde Mental, Atenção Primária à Saúde

Resumo

Auriculoterapia é uma prática da Medicina Tradicional Chinesa que pode ser utilizada para o tratamento de distúrbios psíquicos e mentais com alto valor preventivo e terapêutico. Objetivos: analisar os efeitos da Auriculoterapia na promoção da saúde mental em usuários da Atenção Primária à Saúde (APS) de um município do interior da Região do Triângulo Mineiro -MG, Brasil. Métodos: Projeto de pesquisa de métodos mistos, sequencial e explanatório, que será realizado em uma unidade matricial de saúde com usuários que apresentam queixas emocionais e/ou psíquicas. Na etapa quantitativa, os dados serão coletados pelo WHOQOL-bref antes de cada uma das 12 sessões de Auriculoterapia.  Ao final dessas sessões, o mesmo questionário será reaplicado e os dados passarão por análise estatística descritiva. Na etapa qualitativa, os resultados quantitativos serão utilizados para refinar as questões qualitativas do roteiro de entrevista semiestruturado. Os dados qualitativos serão analisados por meio de análise de conteúdo temática. Ao término da análise dos dados qualitativos será realizada a interpretação dos resultados conectados, que consistirá no resumo da interpretação dos resultados quantitativos e qualitativos para discutir em que extensão e de que maneira os resultados qualitativos ajudam a explicar os resultados quantitativos. Resultados: A coleta de dados ainda não foi realizada, pois será iniciada em abril, após exame de qualificação pelo programa de Enfermagem Psiquiátrica da Universidade de São Paulo. Conclusões: Essa pesquisa poderá proporcionar conhecimento que sustente a viabilidade da aplicação da Auriculoterapia como auxiliar dos tratamentos de problemas emocionais e psíquicos, com base principalmente em sua ação promotora de saúde mental.

Downloads

Publicado

2021-07-08

Como Citar

José Henrique da Silva Cunha, Franciele Kavafara Pires, Francisca Bruna Arruda Aragão, & Regina Célia Fiorati. (2021). Auriculoterapia como terapêutica integrativa na promoção da saúde mental de usuários da Atenção Primária à Saúde: Estudo de métodos mistos. New Trends in Qualitative Research, 8, 521–527. https://doi.org/10.36367/ntqr.8.2021.521-527