Rede Cegonha na visão de gestantes e profissionais: Uso de grupo focal e entrevista

Autores

  • Vanessa Aparecida Sanches Campassi de Oliveira Centro Estadual de Ensino e Tecnologia Paula Souza, Enfermeira da Estratégia da Saúde da Família, Marília/Brasil
  • Mara Quaglio Chirelli Faculdade de Medicina de Marilia - Faculdade de Educação na Unicamp/Brasil
  • Kátia Terezinha Alves Rezende Faculdade de Medicina de Marilia/Brasil - Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Brasil
  • Silvia Franco da Rocha Tonhom Faculdade de Medicina de Marilia - Faculdade de Educação Universidade Estadual de Campinas, Brasil
  • Luzmarina Aparecida Doretto Braccialli Faculdade de Medicina de Marilia - EEUSP, Brasil
  • Edinalva Neves Nascimento Campo da Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva e Núcleo da Residência em Materno Infantil - Universidade de São Paulo, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.36367/ntqr.8.2021.591-599

Palavras-chave:

Política Pública, Serviços de Saúde Materno-Infantil, Integração de Sistemas, Saúde da Mulher

Resumo

A Rede Cegonha assegura um atendimento de qualidade, humanizado às gestantes e recém- nascidos. Além disso promove a integração das ações e a conexão entre os serviços de saúde pautada na integralidade, no acesso, no acolhimento, na resolubilidade e na produção do cuidado em rede; Objetivos; Analisar a percepção dos profissionais da Atenção Primária a Saúde e das gestantes sobre as ações da Rede Cegonha; Métodos: Entrevistas e grupos focais com análise temática dos dados; Resultados Na percepção das gestantes o cuidado está centrado no médico. Os profissionais apresentam dificuldades de compreender o cuidado em Rede. Conclusões. Para que a implementação do trabalho em rede ocorra, os gestores necessitam construir estratégias a partir das necessidades de cada município.

Downloads

Publicado

2021-07-08

Como Citar

Vanessa Aparecida Sanches Campassi de Oliveira, Mara Quaglio Chirelli, Kátia Terezinha Alves Rezende, Silvia Franco da Rocha Tonhom, Luzmarina Aparecida Doretto Braccialli, & Edinalva Neves Nascimento. (2021). Rede Cegonha na visão de gestantes e profissionais: Uso de grupo focal e entrevista. New Trends in Qualitative Research, 8, 591–599. https://doi.org/10.36367/ntqr.8.2021.591-599