Fronteiras entre saúde e doença para pessoas que vivem com Doença Crónica

Autores

  • Maria do Céu Sá Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, Portugal
  • Ana Sofia Nabais Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.36367/ntqr.8.2021.637-644

Palavras-chave:

Doença Crónica, Osteoartrose, Doença, Saúde, Fenomenologia, Enfermagem

Resumo

Viver com uma doença crónica como a osteoartrose é um grande desafio. Esta doença manifesta-se especialmente através da dor, podendo surgir a deformação, a nível das articulações, altera a imagem corporal compromete a funcionalidade e a sua evolução pode causar na pessoa grande sofrimento. Compreender a forma como estas pessoas vivem a sua doença, constitui um contributo para a prática de enfermagem. Esta investigação tem como objetivo compreender as experiências de saúde e doença para pessoas que vivem com doença osteoarticular. Realizou-se um estudo descritivo com uma metodologia qualitativa de orientação fenomenológica. Realizou-se entrevistas semiestruturadas a quinze (15) participantes com osteoartrose. Da análise das mesmas, sobressaiu como resultado que a experiência da doença crónica tem sido considerada na estrutura do ser humano como um modo da vida. A experiência da saúde e da doença representa um processo de viver em constante movimento e é retratada como uma dialética em que o Eu sofredor se renova para continuar a existir. A experiência da saúde e da doença é uma realidade existencial em que o sofrimento e o bem-estar não são negados, mas integrados pelo Self. Este estudo destaca a forma como é experienciada esta doença crónica, salientando-se a experiência de não ser nem saudável nem doente, enquanto pessoa que vive com um corpo doente. Destaca e explica os conceitos: Eu como ser humano; Eu e o sofrimento; a dialética da renovação e a continuidade existencial onde a compreensão da dor, do sofrimento fazem sentido para as pessoas que vivem com doenças crónicas, sugerindo que a esperança é o catalisador para reconciliar fronteiras e as experiências humanas de saúde e doença.

Downloads

Publicado

2021-07-08

Como Citar

Maria do Céu Sá, & Ana Sofia Nabais. (2021). Fronteiras entre saúde e doença para pessoas que vivem com Doença Crónica. New Trends in Qualitative Research, 8, 637–644. https://doi.org/10.36367/ntqr.8.2021.637-644