Investigação Qualitativa em Ciências Sociais: Avanços e Desafios

Autores

  • Diamantino Ribeiro Universidade de Évora – Portugal
  • Ana Isabel Rodrigues Instituto Politécnico de Beja – Portugal
  • Isabel Pinho Universidade de Aveiro – Portugal
  • Patricia López-Estrada TEC – Tecnológico de Costa Rica – Costa Rica

DOI:

https://doi.org/10.36367/ntqr.9.2021.II-X

Resumo

Um ano após o início da Pandemia COVID19 o mundo ainda aguarda pelo restabelecimento da “nova normalidade”. Uma coisa já percebemos: as desigualdades entre os países desenvolvidos e os países pobres aumentaram substancialmente. Enquanto o chamado mundo ocidental intensifica a vacinação das suas populações, esperando alcançar a pretendida imunidade de grupo durante os próximos meses, os países pobres esperam pacientemente pela solidariedade dos governos dos Países mais avançados. Os desafios sociais para os próximos anos serão intensos e o mundo será posto à prova. O mundo global em que vivemos, com constantes movimentações de pessoas, nunca permitirá o restabelecimento da “nova normalidade” sem que a imunidade de grupo seja global; por isso esperamos que os líderes mundiais cumpram o seu papel em prol da humanidade. Também a ciência e os cientistas foram postos à prova. Nunca o mundo assistiu a uma evolução tão rápida da investigação; e a ciência e os cientistas mostraram a pertinência dos investimentos realizados nas últimas décadas a nível global. Em menos de 1 ano surgiram em vários países as tão esperadas vacinas e o mundo, aos poucos, foi respirando de alívio e confiança. A aceleração da análise de dados revelou-se como um fio condutor na espantosa velocidade de como se utilizaram os resultados da investigação, de modo a fazer a sua integração e a apresentar novos produtos (por exemplo vacinas) baseados na evidência. Na área da investigação qualitativa, o papel dos investigadores também se mostrou fundamental durante o chamado período COVID19; vários trabalhos foram desenvolvidos a nível global contribuindo para o aumento do conhecimento. O momento atual que a humanidade está a atravessar mostra quão importante é a investigação de experiências, situações, fenómenos no seu contexto natural, dando espaço para o emergir de particularidades e detalhes para análise. É esse o campo da investigação qualitativa (IQ) e também do CIAIQ (Congresso Ibero-Americano em Investigação Qualitativa) que em 2021 está na sua 10º edição. Para o CIAIQ21 foram vários os trabalhos submetidos tratando temas específicos ou relacionados com a pandemia; parte deles foram selecionados para publicação na revista NTQR. Das 224 submissões recebidas na edição 2021 do CIAIQ, 40 artigos (14 em Castelhano e 26 em Português) foram aceites e publicados neste volume específico dedicado às Ciências Sociais. Todos os artigos submetidos, aceites e publicados com registo ISSN foram sujeitos a um processo inicial de revisão por pares, complementado com a revisão final pela equipa editorial da revista. Aproveitamos para reconhecer e agradecer todo o empenho, disponibilidade e profissionalismo da vasta equipa de revisores.

Downloads

Publicado

2021-07-08

Como Citar

Diamantino Ribeiro, Ana Isabel Rodrigues, Isabel Pinho, & Patricia López-Estrada. (2021). Investigação Qualitativa em Ciências Sociais: Avanços e Desafios . New Trends in Qualitative Research, 9, II-X. https://doi.org/10.36367/ntqr.9.2021.II-X