Motivos da utilização frequente do serviço de urgência pelas pessoas idosas no contexto de uma unidade de saúde familiar

Autores

  • Idalina Delfina Gomes Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, Portugal
  • Alexandra Seara Almeida Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.36367/ntqr.8.2021.600-605

Palavras-chave:

Pessoa Idosa, Fragilidade, Utilizador Frequente, Serviço de Urgência

Resumo

A população a nível mundial encontra-se a envelhecer, o que leva a um aumento de doenças crónicas e a um aumento do risco de fragilidade, com implicações na utilização frequente do serviço de urgência pelas pessoas idosas, com impacto a nível social e da saúde o que deve constituir uma preocupação dos enfermeiros que precisam de intervir na promoção da saúde desta população.  Objetivo: analisar os motivos da utilização frequente do serviço de urgência pelas pessoas idosas; Método: estudo descritivo qualitativo, com recurso a entrevista semiestruturadas e análise  de conteúdo; participantes - 6 (pessoas idosas frágeis e familiares cuidadores); Resultados: constatou-se que a maioria dos motivos que levaram os participantes a recorrer ao serviço de urgência estavam relacionados com períodos de agudização da(s) doença(s) crónica(s) e as razões relacionadas com: a procura de cuidados especializados, referenciação por profissionais de saúde, medo de agravamento da situação de doença e dificuldade na acessibilidade à unidade de saúde. Conclusões: os enfermeiros dos cuidados de saúde primários precisam de apostar mais na vigilância da(s) doenças crónicas(s) e promover a literacia da pessoa idosa e do familiar cuidador para promover o Cuidado-de-SI.

Downloads

Publicado

2021-07-08

Como Citar

Idalina Delfina Gomes, & Alexandra Seara Almeida. (2021). Motivos da utilização frequente do serviço de urgência pelas pessoas idosas no contexto de uma unidade de saúde familiar . New Trends in Qualitative Research, 8, 600–605. https://doi.org/10.36367/ntqr.8.2021.600-605