Relato de Experiência: Círculos de Construção de Paz em uma Penitenciária Feminina

Autores

  • Luiza Rodrigues dos Santos Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Brasil
  • Alcione Bastos Alves Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Brasil
  • Marilda Castelar Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.36367/ntqr.8.2021.848-855

Palavras-chave:

Empoderamento, Mulheres, Círculos, Prisões

Resumo

Introdução: O texto objetiva conhecer o potencial dos Círculos de Construção de Paz para compreensão da importância da escuta na construção do lugar de fala de mulheres. Metodologia constitui-se em um relato de experiência partindo da vivência de uma das autoras, como facilitadora na condução de grupos com mulheres internas em uma penitenciária pública, utilizando a metodologia dos Círculos  Resultados: revela-se a importância dessa experiência de trocas entre a facilitadora e as participantes da pesquisa para a construção e compreensão do lugar de fala a partir do lugar de escuta que a autora vivenciou, o que contribuiu para discussão do método  dos círculos  e o empoderamento de mulheres. Considerações finais: a dialogicidade que marca essa experiência de afetar e ser afetada pelo processo circular de contação de histórias entre mulheres com experiências de gênero diversas, motivou a busca de novas leituras críticas desencadeando processos de mudança das participantes.

Downloads

Publicado

2021-07-08

Como Citar

Luiza Rodrigues dos Santos, Alcione Bastos Alves, & Marilda Castelar. (2021). Relato de Experiência: Círculos de Construção de Paz em uma Penitenciária Feminina. New Trends in Qualitative Research, 8, 848–855. https://doi.org/10.36367/ntqr.8.2021.848-855