Discursive Textual Analysis in Science and Mathematics Education: 2004-2020 Period

Authors

  • Marlúbia Corrêa de Paula Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC, Departamento de Ciências Exatas e Tecnológicas – DCET, Ilhéus, Bahia, Brasil
  • Gleny Terezinha Duro Guimarães Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS, Escola de Humanidades, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.36367/ntqr.7.2021.403-412

Keywords:

Metatext, Discursive Textual Analysis, Mapping

Abstract

Introduction. This investigation intends to identify the use of Discursive Textual Analysis (ATD), seeking to present its trajectory from material available in the online repository of Graduate Program in Science and Mathematics Education (PPGEDUCEM) at the Pontifical Catholic University of Rio Grande do Sul (PUCRS) - municipality of Porto Alegre State of Rio Grande do Sul, Brazil - in the period between 2004 and 2020. Objectives/Method. The objective is to describe the use of textual analysis with special attention to Discursive Textual Analysis in its stages named unitarization, categorization, and metatext. It is a qualitative investigation, which presents the data collected through the Mapping technique, with the predominantly use of Recognition Maps and Identification Maps. Results/Conclusions. This research enabled the survey of 353 works available in the repository of the Graduate Program and the identification of 192 publications using textual data analysis methodology, besides recognizing the methodology itself is being outlined while building. As contributions, it allows the recognition of work developed in this stricto sensu level program to enrich the methodologies used in textual analysis. Thus, being consistent with the scientific treatment necessary for research carried out in the academic environment based on different educational interests.

References

Bardin, L. (1977). Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70.

Bardin, L. (2002). Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70.

Bardin, L. (2004). Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70.

Bardin, L. (2009). Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70.

Bardin, L. (2016). Análise de Conteúdo. São Paulo: Edições 70.

Biembengut, M.S. (2008). Mapeamento na Pesquisa Educacional. Rio de Janeiro: Ciência Moderna.

Foucault, M. (1987). A Arqueologia do Saber. (3ª ed). Rio de Janeiro: Forense.

Franco, M.L. (2003). Análise do Conteúdo. Brasília: Plano.

Gatti, B.A., & André, M. (2011). A Relevância dos Métodos de Pesquisa Qualitativa em Educação no Brasil. In W. Weller, & N. Pfaff (Orgs.). Metodologias da Pesquisa Qualitativa em Educação: Teoria e Prática. (2ª ed). (pp. 29-38). Petrópolis: Vozes.

Gil, A.C. (2012). Métodos e Técnicas de Pesquisa Social: Gêneros Textuais do Argumentar e do Expor.(6ª ed.). São Paulo: Atlas.

Mendonça, L.de O.S., & Farias, I.M.S. (2020). Pesquisa Qualitativa: Estudando como as Coisas Funcionam. Educação: Teoria e Prática, 30(63), 1-7.

Minayo, M.C.S., Gomes, R., & Deslandes, S.F. (Orgs.) (2011). Pesquisa Social: Teoria, Método e Criatividade. (30ª ed.) Petrópolis: Vozes.

Moraes, R. (2003). Uma Tempestade de Luz: A Compreensão Possibilitada pela Análise Textual Discursiva. Ciência & Educação, 9(2), 191-211.

Moraes, R. (1991). A Educação de Professores de Ciências: Uma Investigação da Trajetória de Profissionalização de Bons Professores. (Tese de Doutorado em Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil) < https://lume.ufrgs.br/handle/10183/150313>

Moraes, R. (1999). Análise de conteúdo. Revista Educação, 22(37), 7-31.

Moraes, R. (2002a). Educar pela Pesquisa: Exercício de Aprender a Aprender. In R. Moraes, R., V.M.R. Lima, V. M. (Orgs.). Pesquisa em Sala de Aula: Tendências para Educação em Novos Tempos (pp. 127-142). Porto Alegre: EDIPUCRS.

Moraes, R. (2005). Mergulhos Discursivos: Análise Textual Qualitativa Entendida como Processo Integrado de Aprender, Comunicar e Interferir em Discursos. In M.C. Galiazzi, & J.V. Freitas. (Orgs.). Metodologias Emergentes de Pesquisa em Educação Ambiental. Ijuí: Unijuí.

Moraes, R. & Galiazzi, M.C. (2013). Análise Textual Discursiva. (2ª ed. rev.) Ijuí: Unijuí.

Moraes, R., & Galiazzi, M.C. (2011). Análise Textual Discursiva. (2ª ed.). Ijuí: Unijuí.

Moraes, R. (1998). Análise de Conteúdo. Educação, 21(34), 7-37.

Moraes, R. (2002). Análise de Conteúdo. Educação, 21, 5-31.

Moraes, R. (1994). Análise de Conteúdo: Possibilidades e Limites. In M.E.A. Engres (Org.). Paradigmas e Metodologias de Pesquisa em Educação. Porto Alegre: EDIPUCRS.

Moraes, R. (1987). Análises Qualitativas: Análise de Conteúdo? Análise de Discurso? Rio de Janeiro: Paz e Terra.

Moraes, R. (2006). Da Noite ao Dia: Tomada de Consciência de Pressupostos Assumidos dentro das Pesquisas Sociais.

Moraes, R. (2002). Mergulhos Discursivos: Análise Textual Qualitativa Entendida como Processo Integrado de Aprender, Comunicar e Interferir em Discursos. Porto Alegre: PUCRS.

Moraes, R. 2003) Uma Tempestade de Luz: A Compreensão Possibilitada pela Análise Textual Discursiva. Ciência e Educação, Bauru, v. 9, n. 2, p.191-210, 2003.

Moraes, R., & Galiazzi, M.C. (2006). Análise Textual Discursiva: Processo Reconstrutivo de Múltiplas Faces. Ciência e Educação, 12(1), 117-128.

Moraes, R., & Galiazzi, M.C. (2014). Análise Textual Discursiva. (2ª ed. rev.) Ijuí: Unijuí.

Moraes, R. (2002). Teoria e pesquisa. Porto Alegre.

Moraes, R., & Galiazzi, M.C. (2007). Análise Textual Discursiva. Ijuí: Unijuí.

Nörnberg, I.F. (2008). Ciência em Revista: A Construção de Conhecimentos Científicos através da Utilização de Histórias em Quadrinhos. (Dissertação de Mestrado em Ciências e Matemática, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Brasil) < http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/3323>

Orlandi, E.P. (2015). Análise de Discurso. (12ª ed.). Campinas, SP: Pontes.

Orlandi, E.P. (1999). Análise de Discurso: Princípios e Procedimentos. Campinas, SP: Pontes.

Pêcheux, M. (1983). A Análise Automática do Discurso. In F. GADET, & T. HAK (Orgs.). Por uma Análise Automática do Discurso: Uma Introdução à Obra de Michael Pêcheux. (pp. 61-105). Campinas, SP: UNICAMP.

Pêcheux, M. (2000). Estrutura ou Acontecimento. (6ª ed.) Campinas; SP: Pontes.

Richardson, R.J. et al. (2011). Pesquisa Social: Métodos e Técnicas. (3ª ed.) São Paulo: Atlas.

Published

2021-07-06

How to Cite

Marlúbia Corrêa de Paula, & Gleny Terezinha Duro Guimarães. (2021). Discursive Textual Analysis in Science and Mathematics Education: 2004-2020 Period. New Trends in Qualitative Research, 7, 403–412. https://doi.org/10.36367/ntqr.7.2021.403-412

Issue

Section

Chapters

Similar Articles

You may also start an advanced similarity search for this article.